Seguidores

3 de fev de 2010

O céu visto por João em Patmos

Estive navegando procurando novidades para as lições biblicas e encontrei no site http://advir.com/historiabiblica esse rico material, com ideias e atividades a respeito do céu. Segue abaixo os estudos:

Vida Eterna


O céu visto por João em Patmos

GRAÇA — Um presente de Deus a nós.

 VERSO PARA MEMORIZAR (ju 4t 12 09 B)

“Vi novo Céu e nova Terra, pois o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. Vi também a Cidade Santa, a nova Jerusalém, que descia do Céu, da parte de Deus, ataviada como noiva adornada para o seu esposo.”
                                                                                Apocalipse 21:1 e2.

* REFERÊNCIAS
Apocalipse 21 e 22; O Grande Conflito, p. 674-678.

• OBJETIVOS
O aluno deverá:
Saber que, em virtude do Dom de Deus, podemos viver com Ele para sempre.
Sentir entusiasmo diante da perspectiva de viver com Deus no Céu.
Responder aceitando o presente divino da vida eterna.

• MENSAGEM CENTRAL
Teremos a vida eterna se aceitarmos o Dom de Deus.
Resumo da história bíblica:
A João foi dada a visão de um Céu majestoso e uma gloriosa nova Terra. Ele viu a Nova Jerusalém descendo do Céu. As joias e a beleza dela estão além da nossa imaginação. E, o melhor de tudo, deveremos viver com o próprio Deus!

Este estudo hoje enfoca a graça.
Por causa da morte de Jesus e de Sua graça oferecida a nós, somos cidadãos do reino do Céu (Filipenses 3:20). O Céu é um lugar real, e nós viveremos com Deus para sempre por causa do que Jesus fez por nós. A dádiva divina do Céu será mais maravilhosa do que jamais pudemos imaginar aqui, na Terra, mas é bom tentar imaginar o que um Deus criativo, amorável, tem reservado para Seu povo. A Deus todo louvor por fazer de tudo isso uma realidade que nos dá esperança e ânimo.

Enriquecimento

Apocalipse 21 e 22 apresenta um novo Céu e uma nova Terra. Em sua vívida descrição do Céu, João mostra ruas revestidas de ouro, portões feitos em uma única pérola, etc. E justamente a maneira de João destacar a fato importante de que o estado final das coisas será muito precioso. Ele tinha de usar comparações terrenas para nos ajudar a compreender o esplendor do Céu.

‘“Ao que vencer’ [Apocalipse 21:7]: Aos vencedores é agora confirmado que no triunfo final, eles herdarão todas as coisas. Não terão falta de coisa alguma. Além de tudo, Deus será o seu Deus, e eles serão filhos de Deus. Eles terão relacionamento especial com o supremo Soberano de todas as coisas.” (Adaptado de Leon Morris, The Tyndale New Testament Commentaries, The Revelation ofSt. John [Grand Rapids: William B. Eerdmans Pub. Co., 1981], p. 242-254.)

ATIVIDADES PREPARATORIAS

Escolher a atividade que seja mais adequada ao grupo de alunos.

A. Se Você Quiser... Você Precisa
Com antecedência, preparar para cada aluno uma caixinha embrulhada em papel de presente, com uma etiqueta ou adesivo com o nome dele(a).
Dentro de cada caixa • uma caixinha
colocar um cartãozinho escrito em letras bem bonitas: “VIDA ETERNA NO CÉU de presente COM DEUS” e um pouco abaixo a mensagem central da semana: com cartão dentro para cada aluno.

TEREMOS A VIDA ETERNA SE ACEITARMOS O DOM DE DEUS ___ Assim que os primeiros alunos chegarem, dizer-lhes que há uma caixinha de presente para cada um, mas que só a receberá quem se lembrar de pedi-la no fim da lição. Não fazer nenhum outro comentário, nem mencionar mais o assunto até o momento apropriado. Não alimentar a curiosidade nem responder perguntas sobre o presente. (Concluir esta atividade na seção Partilhando a Lição.)

B. Vislumbres do Céu
Com recortes de revistas e o material disponível, pedir que os alunos façam uma colagem de “vislumbres do Céu”. ou gravuras já recortadas

Você Precisa • material de
• revistas velhas • tesouras • papel • cola

Analisando O que vocês acham da colagem que fizeram? Comparando com o que imaginam da realidade do Céu, vocês estão contentes ou desapontados com a colagem- Vocês acham que o Céu é muito melhor do que imaginamos? Vamos procurar e ler nosso Verso Para Memorizar, Apocalipse 21:] e 2. Nesta semana estamos artesanato

aprendendo que • Bíblias

TEREMOS A VIDA ETERNA SE ACEITARMOS O DOM DE DEUS.

Cânticos Sugestivos

“Cada Dia Mais Perto”

“O Céu é Aqui”

Oração :

Durante os momentos de oração, dar aos alunos a oportunidade de expressar seu agradecimento a Deus pelas bênçãos recebidas. Pedir que cada aluno agradeça duas coisas específicas:
um presente específico que receberam durante a época do Natal e uma bênção especial recebida durante este último ano.

Ofertas
Se ofertas fossem recolhidas no Céu, para que seriam usadas? Por que razão fazemos doações? Para recolher a oferta, utilizar a caixa de presentes usada nas semanas anteriores.



ESTUDO DA LIÇÃO

Introduzindo a História Bíblica

Como vocês supõem que o Céu será? Considerando o que sabem sobre Deus, que acham de passar a eternidade com Ele? Por que algumas pessoas não se sentiriam contentes no Céu, embora Deus deseje que todos estejamos ali com Ele? Que cinco perguntas vocês mais gostariam de fazer a Deus sobre o Céu?

Hoje vamos comentar o que já sabemos sobre o Céu, nos baseando na Bíblia e em outros escritos inspirados.

Você Precisa Vivenciando a História
Com antecedência, pedir que um adulto, membro da igreja, venha vestido como

• um adulto João e apresente Apocalipse 21 e 22 em forma de um interessante monólogo. Ele convidado (ver pode ler pausadamente em uma versão moderna da Bíblia, ou de preferência, pa atividade rafrasear o texto com as próprias palavras. Caso ele se sinta à vontade, pode res roupa dos ponder às perguntas dos alunos. (Um pastor aposentado poderá fazer muito bem o
tempos papel de “João”.)


bíblicos

Analisando
Vocês podem repetir junto comigo o Verso Para Memorizar? (Apocalipse 2]:] e 2.) O que precisamos fazer para que essa seja nossa experiência?

TEREMOS A VEDA ETERNA SE ACEITARMOS O DOM DE DEUS
Explorando o Texto Bíblico

Você Precisa
• quadro de giz ou branco ; giz ou marcador e Bíblias para toda a classe.

Dar aos alunos os textos a seguir, e pedir que todos juntos, ou em grupos, leiam um por vez e encontrem uma descrição do que já sabemos sobre a eternidade. A medida que encontrarem as descrições, deverão mencioná-las e alguém as escreverá resumidamente no quadro onde todos consigam ver.

“A Bíblia dedica muito menos espaço para descrever a eternidade do que para convencer as pessoas de que a vida eterna está disponível como uma dádiva de Deus. A maior parte das breves descrições da eternidade poderia com mais exatidão ser chamada de ‘vislumbres’,

por que usa termos e ideias da experiência atual para descrever o que não podemos compreender plenamente até que estejamos lá pessoalmente. Essas referências apontam para aspectos de como será nosso futuro se aceitarmos o dom divino da 1 ias vida eterna.” — Lfe Application Bible, Notes and Bible Helps (Wheaton, Iii.: Tyndale House, 1991), p. 2.333.
Usar os textos abaixo para encontrar os vislumbres
1. João 14:2 e 3 (um lugar preparado para nós)
2. João 20:19 e 26 (não limitado por propriedades físicas [1 Coríntios 15:35-49])
3. 1 João 3:2 (seremos como Jesus)
4. 1 Coríntios 15:51-53 (teremos um novo corpo imortal)
5. 1 Coríntios 2:9 (nossa experiência será maravilhosa, além da compreensão humana)
6. Apocalipse 21:1 (haverá um ambiente totalmente novo)
7. Apocalipse 21:3 (viveremos na presença de Deus [1 Coríntios 13:12])
8. Apocalipse 21:4 (novas emoções; não haverá mais morte)

Analisando

Como vocês se sentem ao considerar o que os autores da Bíblia dizem a respeito da eternidade? O que vocês mais anelam quanto a estar no Céu?

TEREMOS A VIDA ETERNA SE ACEITARMOS O DOM DE DEUS



APLICAÇÃO DA LIÇÃO

Situação

Apresentar aos alunos a seguinte situação:

Tabita deseja ansiosamente ir para o Céu. Ela tem feito seu melhor para realizar todas as coisas que pensa serem corretas. Vai à igreja, ajuda em um projeto de auxílio aos desamparados e obedece a seus pais. Ela pensa que Jesus quer que ela vá para o Céu, mas se preocupa achando que talvez não esteja fazendo o suficiente para chegar lá.

Analisando

O que vocês podem dizer para Tabita? Como podem convencê-la de que isso é um presente de Deus a nós? O que ela precisa fazer? Como vocês podem partilhar com ela nossa mensagem central? Nossa mensagem de hoje é

TEREMOS A VIDA ETERNA SE ACEITARMOS O DOM DE DEUS
PARTILHANDO À LIÇÃO

Aceitando o Presente — o Dom de Deus
Você Precisa caixas de presentes • material de artesanato (ver atividade)• cartolina • papel de presente
Se foi feita a Atividade Preparatória A, e foi dito aos alunos que havia uma caixa de presente

especial para cada um deles, dizer:

Agora é o momento que vocês esperavam. Fazer uma pausa e esperar para ver se alguém se lembra de que deveriam receber uma caixa de presente. Se os alunos se lembrarem e ainda estiverem ansiosos sobre o que há na caixa de presente, permitir que abram a

caixa. Enfatizar que Deus deseja que estejamos tão ansiosos assim por aceitar o dom da vida eterna. Se os alunos mal se lembrarem de que havia alguma coisa especial presente (ver Atividade para eles, explicar como Deus Se sente por ter preparado uma dádiva tão especial para cada pessoa e perceber que bem poucas pessoas aceitam esse dom, esse presente dEle.

Ajudar os alunos a decidir com que amigo ou membro da família partilharão a caixa de presente que acabaram de receber.
Caso não tenha sido feita a Atividade Preparatória A, ajudar os alunos a prepararem uma caixa de presente para dar a um amigo ou membro da família, colocando dentro da caixa um cartãozinho com a mensagem:

TEREMOS A VIDA ETERNA SE ACEITARMOS O DOM DE DEUS.

Talvez os alunos queiram incluir no cartão a lista de textos (ver a seção Explorando o texto bíblico) que descrevem como será a vida eterna.

Querido Deus, nós Te agradecemos muito o dom para viver eternamente contigo no Céu. _ Não podemos nem imaginar as coisas maravilhosas que tens reservado para nós. Queremos _ aceitar Teu presente, o dom da vida eterna. Amém. viver com o próprio Deus!

    A nova terra
 Arcos e ruas de ouro





VERSO BÍBLICO (ad)
“O que ninguém nunca viu ou ouviu, e o que jamais alguém pensou que podia acontecer, isso foi o que Deus preparou para aqueles que O amam.” I Coríntios 2:9.

OBJETIVOS

Estude esta lição tentando...
- Comparar a vida que se vive na Terra, com as promessas de Deus para a Nova Terra.
- Desenvolver a confiança nas promessas de Deus acerca da Nova Terra.
- Elaborar um plano pessoal para ser cidadãos na Nova Terra.

Resumo da lição
Pense na realidade da Terra envolvida em catástrofes ecológicas, como cumprimento de antigas profecias bíblicas. Agora imagine a Nova Terra, como uma promessa que também será realizada.

A lógica é: Se profecias relativas à destruição da Terra se cumprem, as que falam de Sua restauração também se cumprirão. O Céu é apresentado como um lugar de vida dinâmica com atividades reais.

Estudando a Lição

Combine com um grupo de adolescentes que tenham acesso a uma filmadora para que durante a semana produzam um pequeno vídeo dos desastres ecológicos da cidade onde moram. (Ex. Esgoto; destruição de matas; secas, etc.) Esse vídeo poderá ser apresentado na abertura da lição. Se não for possível, consiga um que mostre os problemas ecológicos da Terra. O único problema é que geralmente são longos. Você não deve perder muito tempo com isso. O objetivo é fazer uma introdução da lição. Mostrando o que os alunos já conhecem. Destaque: Esta é a Terra onde vivemos. Há esperança para ela? Onde está? Então entre no tema da lição.
O que também pode ser feito para introduzir esta lição é: (a) Pedir que um deficiente físico da igreja (visual, auditivo ou que não ande) vá até a classe e seja entrevistado sobre as limitações de sua vida. (b) Consiga uma cadeira de rodas, uma muleta, um imobilizador para pernas e faça com que os alunos experimentem a sensação de ter limitações impostas por uma deficiência. Isso ajudará na introdução da lição sobre o Céu. Faz bem aprender por contraste.

Pesquise na Bíblia: O que a Bíblia diz sobre a Terra sendo aniquilada pelos seres humanos? Veja Hebreus 1:10-12; Apocalipse 11:18; lsaías 24:3-6; Isaías 33:9 e Miquéias 7:13. (Esteja atento para a realidade de que muitos destes textos dizem respeito a uma realidade local descrita pelo profeta, mas que podem perfeitamente ser aplicados à atualidade.) Compare com as promessas de Deus de uma Nova Terra em Isaias 65:17; Isaias 66:22; II Pedro 3:13 e Apocalipse 21:1.

Ilustrações
Pegue um pequeno aquário no qual deve estar um peixe carnívoro. Geralmente são peixes solitários. É fácil consegui-los em casas especializadas. Compre também um peixe comum que, se fosse colocado no mesmo aquário, seria rapidamente devorado. Consiga uma proteção para este peixe. Uma espécie de gaiola e ponha dentro do aquário no qual está o peixe carnívoro. Deixe que os alunos observem que o peixe estará seguro dos ataques do peixe assassino por causa da proteção na qual está. Analise: “Estar no mundo e não ser do mundo.” — “Estar no mundo e ser guardado do maligno.” Como isto é possível? Compare com a vida na Nova Terra.

Peça que façam uma lista (pode ser em grupo, ou individualmente) com todas as coisas boas que gostam de fazer na Terra. Depois de pronta, analisar: Qual delas você gostaria de continuar fazendo na Nova Terra? Por quê? Em uma segunda lista, sugira que escrevam o que gostavam de fazer quando eram crianças. Comparar com a lista anterior observando: (1) O que ainda gostam de fazer; (2) O que deixaram de fazer porque os gostos mudaram; (3) O que agora fazem que não faziam quando crianças? Analisar: Será que não é isso que vai acontecer na Nova Terra? Certamente os valores mudarão, como aconteceu com vocês, da infância para a adolescência. “O que ninguém ouviu, e o que jamais alguém pensou que podia acontecer, isso foi o que Deus preparou para aqueles que O amam”. I Corintios 2:9.

Analise o significado da música do Pr. Fernando Iglesias, que diz: “Eu era só um menino ali, você o meu pastor.” O que isso significa? Como será encontrar um amigo que se salvou por sua influência? Pelo seu testemunho? Ou quem sabe um professor? Analise com os alunos estas possibilidades e a importância do testemunho cristão. O Céu não é mais real para muitas pessoas porque há poucas pessoas que vivem como se já estivessem no Céu.
Consiga um espelho de bronze polido; aço inoxidável, alumínio ou outro material que permita que a pessoa veja sua imagem, mas não consiga perceber detalhes de seu rosto. Deixe que os alunos experimentem como viviam as pessoas no tempo de Paulo quando usavam espelhos de bronze polido. Analise o texto de I Coríntios 13:12. “Porque, agora, vemos como em espelho, obscuramente; então, veremos face a face. Agora, conheço em parte; então, conhecerei como também sou conhecido.” O que isso quer dizer quando pensamos em Nova Terra.
No último capítulo do livro Educação, Ellen White fala de algumas coisas que haverá e que não haverá na Nova Terra. Veja que interessante. Use sua criatividade no uso destas idéias.

• Ali não haverá a árvore do conhecimento do bem e do mal.
• Ali não haverá tentador.
• Ali se viverá a vida edênica. A vida do jardim e do campo.
• Ali o homem será restaurado à sua perdida realeza e a ordem de seres inferiores reconhecerá de novo o seu domínio.
• Ali se verá o decurso do grande conflito.
• Ali o véu que se interpõe entre o mundo visível e o invisível será removido e coisas maravilhosas serão reveladas.
• Ali compreenderemos o ministério dos anjos.
• Ali todas as perplexidades da vida serão explicadas.
• Ali os que trabalharam com espírito desinteressado verão os frutos de seus labores.
• Ali conheceremos como também somos conhecidos.
• Ali haverá música e cânticos que ouvidos mortais jamais ouviram nem o espírito humano concebeu.
• Ali toda a faculdade se desenvolverá, e toda capacidade aumentará.
• Ali os maiores empreendimentos serão levados adiante, as mais altas aspirações realizadas, as maiores ambições satisfeitas.
• Ali todos os tesouros serão abertos ao estudo dos filhos de Deus. Unir-nos-emos na alegria dos seres não caídos.

Não se esqueça de destacar:
1. O contraste da pseudo vida na Terra com a vida na Nova Terra.
2. O anseio de Jesus para estarmos na Nova Terra.
3. O papel da fé e da confiança total em Jesus como passaporte para a vida eterna.
Reforçando a aprendizagem

Desenhe este mapa mental em uma cartolina grande e use para reforçar o aprendizado da lição. Se quiser, mantenha-o exposto para que, vendo-o, os alunos possam fixar os conceitos sobre o tema da lição: A Nova Terra. Analise os contrastes entre o que existe aqui e o que não existirá na Nova Terra.

MAPA

Andarão em ruas de ouro
Comerão da árvore da vida NA NOVA TERRA
Plantarão vinhas
Construirão casa
Vida Eterna
Paz....

Se achar conveniente, use as palavras-chaves que aparecem no mapa conceitual a seguir e forneça os materiais necessários para que, em grupo, criem seus próprios mapas. Isso será interessante porque cada grupo arranjará as palavras, expressando a mesma verdade, de forma diferente. O material necessário é: cartolina, cola, canetas hidrocor e um conjunto de palavras-chaves para cada grupo, que são: A VIDA NA NOVA TERRA; FASCINANTE; SERÁ; VIDA; COMO; VERDADE; ANTES; TENTADOR; PECADO; HAVERÁ; SOFRIMENTO; DOR; MORTE.

Obs.: Nada impede que você crie sua própria estrutura. A realidade de cada professor deve fazer com que escolha o que melhor lhe convém, sempre pensando na melhor forma de os alunos aprenderem.
MAPA



A VIDA NA NOVA TERRA

Fascinante

Para professores:

Se achar interessante, solicite aos alunos que elaborem duas listas paralelas. Uma com as características que o cristianismo popular dá para o Céu; e a outra com as características bíblicas. Analisem os efeitos que os conceitos errôneos sobre o Céu exercem sobre as pessoas, a ponto de não desejarem ir para lá.

Nesta semana:
1. Falar mais do Céu e menos de artistas, novelas, filmes ou esportes.
2. Ler sobre o que Ellen White fala sobre o Céu no último capítulo do livro Educação.

Pr. Jorge Mario de Oliveira
Faça as palavras cruzadas: A nova terra


Violência

A violência reinante hoje me motiva a me aproximar mais de Cristo
Quero ir logo para o céu, onde não haverá mais violência

VERSO BÍBLICO

“Nunca mais haverá violência na sua terra; o seu país não será destruído
e arrasado novamente; você chamará as suas muralhas de ‘Salvação’ e os
seus portões de ‘Louvor a Deus’.” Isaías 60:18.

PESQUISANDO A FONTE

Gênesis 4:8; 6:6 e 7, 11-13; Êxodo 13:14-16; Salmo 7:16; 11:5; Isaías
11:6-9; Miquéias 6:6-8; Romanos 12:9; Tiago 3:17; 4:1-3.

OBJETIVOS
- Rever a natureza da violência e outro conflito conforme descrito nas Escrituras e na vida contemporânea.
- Compreender as várias forças que ajudam a produzir violência.
- Renovar a convicção de não promover a violência; administrar e, quando possível, resolver conflitos.
A Mensagem
No céu não haverá violência de nenhum tipo. Quero estar lá
Nota se você é professor...
Sugiro aos professores que não façam deste estudo somente um relato de situações cruéis que foram vivenciadas no passado e algumas das quais são vivenciadas ainda hoje, mas aproveitem o tema para mostrá-lo como uma das conseqüências óbvias da ausência de Deus na vida das pessoas e para fazer paralelos positivos, focando as bênçãos que estão reservadas para nós por ocasião da volta de Jesus, quando a violência será completamente erradicada. Usem o estudo para incutir nos alunos o fiel desejo de uma mudança de vida, através de um preparo pessoal para uma vida repleta de paz e felicidade, a qual Deus deseja nos dar.

Resumo do assunto:
Os adolescentes se preocupam com a violência?
Provavelmente não muito se eles vivem num lugar pacífico.
E muitos vivem

Mas quem deles tem que fugir de lutas, homicídios, bombas, protestos e ameaças. Essas coisas não estão limitadas ao Iraque ou acontecem apenas em cidades com gangues e gângsteres.

Mas vamos admitir: Essas são formas dramáticas de conflito.
Outras formas são mais sutis. Discussões em casa, divergências entre pessoas, chefes e professores.
Coisas perturbadoras e muito reais. Elas absorvem nossa atenção e sugam nossas energias.
Deve haver maneiras de compreender o conflito e a violência.
Frases e conceitos prá você pensar e pensar...

Conceito 1

O dia 21 de abril de 1999 começou como todos os outros dias em Littleton, Colorado. No colégio Columbine, os alunos estavam estudando na biblioteca, conversando nos corredores, almoçando no refeitório. Mas, por trás das “cortinas”, as coisas estavam longe do normal. Dois alunos usando casacos pretos estavam envenenados pela ira. Estavam a ponto de embarcar num acesso de violência que poria fim à vida de 15 pessoas, e feriria outras 28 — um dos piores casos de violência escolar. Mais ou menos às 11:30 da manhã, os primeiros tiros foram disparados.
Denny Rowe, 15 anos, estava do lado de fora com os amigos. Ele viu dois garotos com máscaras nos degraus da entrada principal da escola. “Eles abriam fogo na direção de tudo que parecia humano. Estavam atirando em alguns alunos perto da escada, depois apontaram para nós e começaram a atirar. As balas atingiam tudo ao nosso redor. Dois ‘caras’ que estavam do meu lado foram atingidos.”
O mundo observou horrorizado enquanto essa história se desenrolava. Em poucas horas, centenas de familiares e amigos estavam chocados e não podiam acreditar no que ocorrera.
que maneiras a violência tem afetado minha vida? Como posso estar mais perto do plano de Deus ao lidar com conflitos?

Conceito 2

Você conhece este sentimento: ira incontrolável. Você sente vontade de vociferar e gritar.
“De onde vêm as lutas e as brigas entre vocês? Elas vêm dos maus desejos que estão sempre lutando dentro de vocês. Vocês querem muitas coisas; mas, como não podem tê-las, estão prontos até para
matar a fim consegui-las. Vocês as desejam; mas, como não conseguem possuí-las, brigam e lutam. Não conseguem o que
querem porque não pedem a Deus. E, quando pedem, não recebem porque seus motivos são maus. Vocês pedem coisas a fim de usá-las para os seus próprios prazeres:’ Tiago 4:1-3.
Bem direto ao ponto, não é? A Bíblia não escolhe palavras quando se trata de falar contra as brigas e a violência.
De acordo com Tiago, qual é a raiz da violência? Por que brigamos?

Conceito 3

São 5 horas da manhã. Rafael está roncando. De repente, um
barulho ensurdecedor o faz despertar assustado. Parece que há alguém batendo no telhado com um martelo, exatamente acima de sua cama.

Rafael pula da cama. Descalço e ainda de pijama, ele corre até o quintal para ver o que está causando aquela barulheira. Ele olha para cima e vê um pica-pau pousado na antena de TV.

Irritado com aquele ser voador que atrapalhou seu sono, Rafael pega uma pedra e joga na direção do pássaro. A pedra passa por cima do telhado e vai cair do outro lado, quebrando uma janela de seu carro.

Mais irado ainda, Rafael chuta um torrão de terra. Dor insuportável! Não era um torrão e sim uma pedra. Mancando de dor, ele volta para dentro de casa.

Rafael aprendeu a lição: a raiva pode voltar-se diretamente contra a própria pessoa que a sente. “Assim é castigado pela sua própria maldade e ferido pela sua própria violência.” Salmo 7:16.

A raiva e a violência têm outras conseqüências também. Podem interferir em dois importantes relacionamentos. Leia os seguintes textos: Gênesis 4:8; Salmo 11:5.

Que dois tipos de relacionamentos podem ser destruídos pela violência?

Conceito 4

Leia Gênesis 6:5-7, 11-13 e 17; Êxodo 13:14-16; Apocalipse 18:8 e 21; Apocalipse 21:8; Romanos 12:19.

Reflexão

Por que Deus fica irado, e às vezes até usa a violência?
O que você acha disso?
Como você pode conciliar um Deus de amor com um Deus capaz de ser violento?
Se você tivesse poder, como se livraria da violência do mundo?
Existe alguma justificativa para sermos violentos?

Conceito 5

“As tentações que vocês têm de enfrentar são as mesmas que os outros enfrentam; mas Deus cumpre a Sua promessa e não deixará que sofram tentações que vocês não têm forças para suportar. Quando uma tentação vier, Deus dará forças a vocês para suportá-la, e assim vocês poderão sair dela.” I Coríntios 10:13.

Relacione cada solução bíblica para a violência ao texto à qual se refere.
Professor: verifique as respostas dadas pelos alunos na atividade de quarta-feira

Conceito 6

“A sabedoria que vem do Céu é antes de tudo pura; e é também pacífica, bondosa e amigável. Ela é cheia de misericórdia, produz uma colheita de boas ações, não trata os outros pela sua aparência

e é livre de fingimento.” Tiago 3:17.
Lincoln conhecia uma ferramenta prática para lidar com a raiva de forma não violenta. Quando escrevia alguma carta num momento de raiva, ele se sentia melhor após ter o prazer de escrevê-la, mas em seguida a queimava e escrevia outra.

Conceito 7

E difícil imaginar um lugar tão tranqüilo e seguro. A vontade de fazer o mal nunca passa pela sua cabeça. É um lugar onde você pode passear em segurança por uma rua tarde da noite, onde você pode ir para a escola sem se preocupar com a ameaça de ser atingido por uma bala. Onde você pode abraçar um tigre e ouvi-lo ronronar.

Deus tem um lugar exatamente assim preparado para nós: o Céu.

“Lobos e ovelhas viverão em paz, leopardos e cabritinhos descansarão juntos. Bezerros e leões comerão uns com os outros, e crianças pequenas os guiarão. Vacas e ursas pastarão juntas, e os seus filhotes descansarão no mesmo lugar; os leões comerão capim como os bois. Criancinhas brincarão perto de cobras e não serão picadas, mesmo que enfiem a mão nas suas covas. Em Sião, o monte sagrado, não acontecerá nada de mau ou perigoso, pois a Terra ficará cheia do conhecimento da glória do Senhor assim como as águas enchem o mar.” Isaías 11:6-9.

Tópicos explorados_durante este estudo
• O que leva alguém a passar dos limites da raiva e agredir outros com tanta violência, sem preocupar-se consigo mesmo ou com as pessoas a quem está ferindo?

• Se você se sentir tentado a ser violento, onde pode buscar ajuda? Deus oferece o poder de resistir à vontade de partir para qualquer tipo de agressão.

• Obviamente a violência — e a dor que ela acarreta — não faz parte do plano de Deus para nós. Ele tem algo melhor em mente.
Veja atividade para professores para chamar a atenção dos alunos para o assunto a ser estudado: violência
Apoio bíblico
Gênesis 4:8. “Aí Caim disse a Abel, seu irmão: — Vamos até o campo. Quando os dois estavam no campo, Caim atacou Abel, o seu irmão, e o matou.

Salmo 7:16. “Assim eles são castigados pela sua própria maldade, são feridos pela sua própria violência.”

Salmo 11:5. “O Senhor examina os que Lhe obedecem e também aqueles que são maus; com todo o coração Ele detesta os que gostam de praticar violência.”

Romanos 12:9. “Que o amor de vocês não seja fingido. Odeiem o mal e

sigam o que é bom.”

Tiago 3:17. “A sabedoria que vem do Céu é antes de tudo pura; e é também pacífica, bondosa e amigável. Ela é cheia de misericórdia, produz uma colheita de boas ações, não trata os outros pela sua aparência e é livre de fingimento.”

Analise os textos de Ellen White
“A influência de Satanás é constantemente exercida sobre os homens para perturbar os sentidos, dominar a mente para o mal, incitar à violência e ao crime. Enfraquece o corpo, obscurece o intelecto e corrompe a alma. Sempre que os homens rejeitam o convite do Salvador, estão-se entregando a Satanás. Em todos os estados da vida — no lar, nos negócios e mesmo na igreja — há multidões fazendo assim hoje em dia. É por isso que a violência e o crime se têm alastrado na Terra, e a treva moral, como um sudário, envolve a habitação dos homens. Por meio de suas sedutoras tentações, o maligno conduz os homens a males cada vez piores, até que o resultado seja a depravação e a ruína. A única salvaguarda contra seu poder encontra-se na presença de Jesus. Em face dos homens e dos anjos, foi Satanás revelado como inimigo e destruidor da humanidade; Cristo, como seu amigo e libertador. Seu Espírito desenvolverá no homem tudo quanto enobreça o caráter e dignifique a natureza. Ele edificará o homem para a glória de Deus, tanto no corpo, como na alma e no espírito. “Pois Deus não vos deu o espírito de timidez, mas de força, de amor, e de prudência.” II Tim 1:7. — O Desejado de Todas as Nações, pág. 341.

Pesquisando o texto biblico

Opção A. Localize uma história violenta de uma versão bíblica moderna (NVI ou NTLH). Caim e Abel é a clássica (Gênesis 3:5-9). Leia certificando-se de ler o que Deus disse nos versos 6 e 9.

Veja as perguntas feitas na “análise do assunto”.

Opção B. Encontre vários exemplos de violência na Bíblia.

Pense no seguinte:
• Que circunstâncias desencadearam a violência?
• Quem e o que estava envolvido?
• O que a violência pretendia realizar?
• Como a violência afetou as pessoas envolvidas?
• Havia outras soluções? Se sim, quais eram, e como as coisas poderiam ter terminado?
Análise do assunto
1. O que marca a diferença entre violência e conflito, e o que os causava?
2. Múltipla escolha:

Algumas vezes Deus aparece como violento no Antigo Testamento.

a) Freqüentemente não tinha outra opção para extravasar Sua raiva a não ser usando a violência.
b) Ele permitia, não escolhia, a violência.
c) Ele sabia que a violência captava a atenção das pessoas nos tempos bíblicos.
d) Ele resolveu que as pessoas violentas seriam melhor alcançadas com algo que entendia — a violência.

3. Quando alguém experimenta um conflito inter-pessoal ou vê um conflito acontecendo, quais são alguns passos que poderiam ser dados para minimizá-lo ou administrá-lo?

4. Que condições na família, escola ou igreja, você percebe que apresentam conflito?

5. Que soluções haveria para resolver esses conflitos?
Vivendo a lição — Aplicação

Deus não espera que ignoremos o problema da violência, embora nos sintamos incapazes ao considerarmos a violência no mundo. Sabemos que o seu aumento faz parte do cumprimento das profecias dos últimos dias que antecedem a volta de Jesus à Terra, por causa do afastamento do Espírito Santo.

Os seres humanos pouco a pouco se afastam do poder protetor de Deus e rejeitam a Sua presença, deix A única fórmula que impede que sejamos violentos é a real permanência de Deus no coração, através da comunhão diária com o Criador.ando o caminho aberto para a manifestação da violência

Vivendo a lição
O tema da violência não deve ser explorado somente com relatos trágicos. Lembre-se sobre as maravilhas e bênçãos de um Céu (sem violência) que nos aguarda, e no qual seremos recebidos de braços abertos.

Encerrando a lição
Complete esta nossa lista com mais algumas maneiras práticas que você pode seguir para prevenir ou evitar a violência:
- Estar preparado.

- Comunhão diária com Deus.
- Viver sem medo.
- Envolver-se quando necessário.
- Evitar atividades que provoquem a violência.
- Evitar ser vítima ao tomar medidas de segurança.
-Pense no que você pode fazer individualmente ou como grupo para chamar a atenção para os vários tipos de violência que você têm observado.

Violência, assunto seríssimo que atinge a todos nós... direta ou indiretamente. O que você tem feito para diminuir a sua violência? O que tem feito para ajudar a diminuir a violência como um todo neste mundo....??? Um ótimo dia, sem violência e com a paz e a companhia de Cristo. Com amor, Tia Célia





Cidadãos do reino
CIDADÃOS DO REINO

Como serão os moradores da Nova Terra?

GRAÇA EM AÇÃO — A graça de Deus nos traz bençãos (ju13)

VERSO PARA MEMORIZAR

“Na mente, lhes imprimirei as Minhas leis, também no coração as inscreverei: Eu serei o seu Deus, e eles serão o Meu povo.” Jeremias 31:33.
Textos de referência:
Êxodo 20:1-17; Mateus 22:34-40; João 14:15; Apocalipse 14:12.

OBJETIVOS
- Saber que os mandamentos de Deus descrevem como é a vida em Seu reino de amor.
- Sentir desejo de que o Espírito Santo me prepare para ser cidadão do reino.
- Responder comprometendo-me a entregar completamente a vida à graça transformadora de Deus.

MENSAGEM CENTRAL
Deus escreve Sua lei de amor em nosso coração para preparar-nos para a cidadania celestial.

Resumo da história bíblica
Desde que o ser humano pecou e se colocou sob o controle de Satanás, Deus tem trabalhado para redimi-lo e restaurá-lo novamente à Sua imagem e tomá-lo novamente apto para a cidadania do Céu. Os cidadãos do reino do Céu vivem de acordo com uma lei.

Deus deu a lei dividida em dez partes a Moisés e a uma nova nação formada de ex-escravos quando falou-lhes do Monte Sinai. (Exodo 20:1-17.)

Jesus repetiu a lei em duas partes ao povo entre o qual Ele viveu, quando alguns líderes religiosos O interrogaram acerca do maior de todos os mandamentos. (Mateus 22:34-40.)

A medida que amamos, estudamos, e procuramos servir a Deus, esses mandamentos, leis, ou verdades a respeito de Deus e Seu reino são escritas em nosso coração pelo Espírito Santo. Estamos agora sendo transformados em cidadãos do Céu.

Esta história bíblica neste estudo enfoca a Graça:

Deus, por meio de Sua graça, Sua verdade e a obra do Espírito Santo, nos transforma em cidadãos do reino do Céu.

Enriquecimento para você, para pais e professores

“Abraçamos a verdade de Deus com nossas faculdades diversas, e ao chegarmos sob a influência dessa verdade, ela realizará por nós a obra necessária a fim de dar-nos aptidão moral para o reino da glória, e para a sociedade dos anjos celestes. Achamo-nos agora na oficina de Deus. Muitos de nós somos pedras rústicas da pedreira. Ao apoderar-nos, porém, da verdade de Deus, sua influência nos afeta. Eleva-nos, e tira de nós toda imperfeição e pecado, seja de que natureza for. Assim, estamos preparados para ver o Rei em Sua beleza, e unir-nos afinal com os puros anjos celestes no reino da glória. É aqui que esta obra tem de ser efetuada por nós; aqui, que nosso corpo e espírito devem ser habilitados para a imortalidade.” — Testemunhos Para a Igreja, vol. 2, págs. 355 e 356.

Galeria de fotos: Céu

Professor, veja Atividades Preparatórias para chamar a atencão de sua classe para o assunto a ser estudado. Este item deve ser o primeiro a ser apresentado em sua sala:

Preparando-se Para a Viagem
Turnê ao Redor do Mundo



Cânticos Sugestivos
“O Céu é Aqui”
“Cada Dia Mais Perto”

Oração
Incentivar os alunos a orar pela liderança de seu país e também por força e coragem para ser bons cidadãos na Terra. Mas incentivá-los também a pedir a Deus que, por meio do Espírito Santo, os prepare para a cidadania do reino do Céu.

Ofertas
Explicar que as ofertas que damos aqui vão ajudar a desenvolver o reino de Deus na Terra e no coração daqueles que com sinceridade escolhem ser cidadãos daquele reino.

Você Precisa
Introduzindo a História Bíblica
Quantos de vocês são cidadãos de nosso país? Vocês nasceram aqui, ou seus pais

Bíblias se tornaram cidadãos depois de terem vindo morar aqui? Se houver alguém que é cidadão de outro país, ou se tornou cidadão depois de ter vindo para cá, pedir que conte o que é necessário para se tornar cidadão de outro país.

Quem pode se tornar cidadão de nosso país? Como o cidadão deve agir no que se refere ao seu país? (Obedecer às leis, ser leal, tratar concidadãos com respeito, etc.) Como se pode comparar isso com o ser cidadão do reino do Céu? Como agirão os cidadãos do reino do Céu?

Vamos tentar repetir de cor o Verso Para Memorizar, em Jeremias 31.33. O que estamos aprendendo hoje?

DEUS ESCREVE SUA LEI DE AMOR EM NOSSO CORAÇÃO A FIM DE NOS PREPARAR PARA A CIDADANIA CELESTIAL

Vivenciando a História

Pedir aos alunos que procurem na Bíblia Êxodo 20:1-17.

Então, pedir que cada voluntário leia um mandamento, enquanto o(a) professor(a) os escreve de forma abreviada no quadro onde todos possam ver (conforme modelo da p. 92). Então, fazer a atividade “armas ao ar” com os textos do Novo Testamento (segunda coluna) para os alunos encontrarem. À medida que cada aluno for lendo o texto, escrevê-lo no quadro ao lado do mandamento correspondente ao livro de Êxodo. Comentar como as palavras de Jesus explicam e expandem os conceitos de Êxodo. (Ver textos do Novo Testamento, NVI, ao lado dos Dez Mandamentos na p. 92)

As explicações que Jesus dá dos princípios do reino de Deus parecem mais fáceis ou mais difíceis de cumprir do que os Dez Mandamentos de Exodo? Como eles nos ajudam em nosso preparo para a cidadania do divino reino de amor? Como seria feliz no Céu uma pessoa que não quer que Deus escreva Seus mandamentos no coração dela aqui na Terra?

Vamos procurar juntos mais dois textos bíblicos, João 14:15 e Apocalipse 14:12. Debater a questão de que, se amamos a Jesus, desejaremos que Deus escreva Sua lei em nosso coração. Aqueles que estarão esperando a volta de Jesus guardarão Seus mandamentos, pois Ele assim lhes pediu. Se possível, para melhor compreensão, ler Apocalipse 14:12 em diferentes versões.

Como, em sua opinião, os textos que acabamos de estudar se aplicam à nossa mensagem central de hoje?

DEUS ESCREVE SUA LEI DE AMOR EM NOSSO CORAÇÃO A FIM DE NOS PREPARAR PARA A CIDADANIA CELESTIAL

A lei de Deus é um retrato ou descrição do Seu caráter de amor. Ele está procurando restaurar Seu caráter em cada um de Seus filhos. Jesus explicou e expandiu nossa compreensão de como éo caráter de Deus e quais são os princípios do Seu reino. Se Lhe dermos permissão, Deus, por meio do Esp frito Santo, escreverá agora mesmo Sua lei de amor em nosso coração, preparando-nos para ser cidadãos do reino do Céu, à medida que crescemos em graça na Terra.

EVcê Predsa

• Bíblias

• quadro de giz ou branco

• giz ou marcador

• lei de Deus (abreviada), ver p. 92



EXPLORANDO O TEXTO BÍBLICO

Que espécie de pessoas estarão no Céu?

Que espécie de pessoas não estarão ali?

Vamos juntos explorar alguns textos bíblicos para descobrir

Analise:

Estarão Não estarão

Efésios 4:22-32

Mateus 5:19 e 20

Mateus 7:21

Mateus 18:3

Mateus 21:31 (última parte) e 32

João 3:5

Apocalipse 2:2-4

João 14:15

Apocalipse 14:12

Mateus 22:37 e 38

O que indica a lista de características dos que estarão no Céu?

O que indica a lista dos que não estarão ali?

O que você está permitindo que aconteça de modo que se torne bons cidadãos do reino do Céu?

Lembre-se da mensagem central: DEUS ESCREVE SUA LEI DE AMOR EM NOSSO CORAÇÃO PARA PREPARAR-NOS PARA A CIDADANIA CELESTIAL.

Professor, veja idéia para seus alunos APLICAREM O ASSUNTO APRENDIDO ÀS PRÓPRIAS VIDAS

Situação – cidadãos do reino

Professor, veja idéia para seus alunos PARTILHAREM O ASSUNTO APRENDIDO com os semelhantes:

Passaporte Para o Céua

De que forma está minha vida sendo transformada como resultado da graça de Deus?

Como me apegarei à verdade de Deus hoje?

Galeria de Imagens: Céu



Que neste dia você entregue seu coração inteiramente a Cristo e deixe que Ele molde um caráter cada dia melhor em você... com amor, Tia Célia

Nenhum comentário: